Altenburg - Bem dormir Bem viver
13
setembro

O desfralde e o Bem Dormir dos bebês

Vem chegando as estações mais quentes do ano e essa é uma boa hora para os papais e mamães pensarem em retirar a fralda dos pequenos. Durante o calor, é mais fácil lidar com os escapes de xixi durante o dia e à noite e a possibilidade de usar roupas leves deixa as crianças mais confortáveis durante o processo.

Porém, nada de obrigar a criança a deixar a fralda só porque esquentou, ok? A mudança deve ser natural e acontecer somente quando houver maturidade para isso. Existem várias formas de perceber se o bebê já está pronto: ele geralmente se esconde para fazer cocô ou se agacha para isso. Alguns reclamam do desconforto causado pela fralda, também.

Para quem já estiver pronto para usar a calcinha ou cuequinha, o primeiro passo é o desfralde diurno. A criança deve ser avisada de que ao sentir vontade de ir ao banheiro, ela diga para que alguém a acompanhe até lá. Feito isso, ela deve ter fácil acesso ao penico ou redutor no vaso sanitário.

Comemore quando der tudo certo, mas não brigue se algo acontecer de errado. Paciência é fundamental nesse período. Quando a criança estiver tranquila para ir ao banheiro durante o dia, é hora de iniciar o processo durante a noite. Não se assuste se esse momento ocorrer somente aos quatro ou cinco anos!

Comece diminuindo a ingestão de líquido da criança e antes de dormir, peça para que ela vá ao banheiro. Durante a noite, é interessante levá-la a cada duas horas. Com o tempo, será perceptível o horário em que ela realmente sente vontade de urinar e a partir disso, ela pode ir somente nesse momento. Após alguns dias, ensine ela a ir sozinha.

Embora o procedimento seja simples, o resultado pode levar de seis meses a dois anos para ser alcançado. Eventualmente, a cama amanhecerá molhada e quando isso acontecer, não brigue. Existem protetores de colchão impermeáveis para cama de solteiro e para berço, que evitam a penetração de líquido. Com isso, fica mais fácil a higienização da cama e aumenta-se a durabilidade do colchão.

Fazer xixi na cama só é considerado um problema após os cinco anos de idade e se isso ocorrer diariamente ou mais de uma vez por noite. Nesse caso, um médico deve ser consultado para iniciar um tratamento.

Os protetores Altenburg são fáceis de usar e podem ser lavados à máquina, preservando assim, o colchão por muito tempo.

Fotos: Reprodução e Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VEJA TAMBÉM


Novidades para a hora do banho
Jingle Bell Rock!
Lindas e suculentas!!
Qualquer forma de flor vale a pena
1234